3 coisas que o crente precisa saber a respeito do homossexualismo

Fato #1: a maioria das pessoas que pregam contra a homossexualidade nunca pregou diretamente para um homossexual. Ajudaria muito se, antes de escrevermos ou falarmos algo sobre este assunto, que imaginemos como seria nossa conversa falando do Evangelho cara a cara com um homossexual.

Fato # 2: se você quiser pregar a um homossexual, pode ser que Levíticos não seja um bom começo (condenação é o que eles mais recebem no dia a dia). Pode ser que os Evangelhos sejam um melhor começo.

Fato #3: se você quer falar do amor de Deus a um homossexual, não o compare aos elementos mais desprezíveis de nossa sociedade. Já escutei pregador falando assim, em rede nacional de TV: “Deus ama os homossexuais, assim como ama os estupradores, os pedófilos e os traficantes de drogas” (e a coisa vai ladeira abaixo). Você tem idéia de como isso soa na cabeça de um homossexual? De um ponto de vista ético (não religioso), há muitos homossexuais com uma conduta irrepreensível (já conheci e trabalhei com vários), melhor do que a de muitos crentes , e portanto eles não merecem ser comparados à escória da sociedade.

Pode ser que tenhamos que calibrar nossa sensibilidade antes de falar sobre coisas que a maioria das pessoas desconhece na prática. Pregar a um gay, ou falar sobre homossexualidade, como descrito acima é o mesmo que tentar arrumar um relógio usando uma luva de box, ou operar alguém usando um serrote ao invés de um bisturi. Antes de falar sobre homossexualismo, ajudaria muito sair de sua bolha religiosa e conversar com homossexuais, se possível ganhar sua amizade, para saber como expressar o amor de Deus a estas pessoas.

© Pão & Vinho - Alguns direitos reservados.
Pode ser republicado, parcial ou integralmente, desde que o conteúdo não seja alterado. É expressamente vedado o uso comercial desta ou qualquer outra obra de propriedade intelectual do autor.
Licença Creative Commons
Posted in Mensagens and tagged , .