O cessacionismo na visão de A.W. Tozer

Por A.W. Tozer: 1

O trabalho ou a atividade religiosa pode ser realizado por homens naturais não dotados dos dons do Espírito, e pode mesmo muito bem ser feito, com rara habilidade. Mas toda obra destinada à eternidade só pode ser realizada pelo Espírito eterno. Nenhuma obra é eterna, se não for feita pelo Espírito, mediante os dons que Ele mesmo implantou nas almas de pessoas remidas.

Por toda uma geração certos mestres evangélicos nos tem dito que os dons do Espírito cessaram por ocasião da morte dos apóstolos, ou quando se completou o Novo Testamento. Certamente esta doutrina não tem a seu favor sequer uma sílaba de autoridade bíblica. Os que defendem tal idéia devem assumir inteira responsabilidade por essa aberrativa manipulação das Palavra de Deus.

O resultado desse errado ensino é este: entre nós, o número de pessoas com dons do Espírito é sinistramente pequeno. Quando tão desesperadamente precisamos de líderes dotados, por exemplo, de discernimento, não o temos, e somos compelidos a nos valer das técnicas do mundo.

Esta hora, tão assustada e angustiosa, está a exigir pessoas dotadas de visão profética. Bem ao contrário, só temos homens que presidem relatórios, votações e reuniões de discussões bombásticas e estéreis.

Necessitamos de homens que tenham o dom do conhecimento. Em vez disso, temos muitos formados e escolados, doutores, sabichões e nada mais.

Assim podemos estar nos preparando para a trágica hora em que Deus possa pôr de lado como evangélicos de rótulo e suscitar outro movimento para perpetuar o cristianismo do Novo Testamento, conservando-o vivo sobre a terra.

NOTAS:

  1. TOZER, A.W. O Caminho do Poder Espiritual, Volume I. Ed. Mundo Cristão, 1985. p. 14.
Posted in Pneumatologia, TheoLÓGIKA and tagged , , .